Japão

PETIÇÃO para cancelamento das Olimpíadas

Uma petição on-line no Japão está pedindo o cancelamento das Olimpíadas de Tokyo e recebeu mais de 200 mil assinaturas. A campanha atingiu a marca em um ritmo recorde nesta sexta-feira (7), apenas dois dias após seu lançamento, enquanto os temores públicos sobre a pandemia de coronavírus aumentam com a rápida disseminação de variantes altamente contagiosas.

A petição é direcionada ao presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga e a outros representantes da organização, e afirma que os jogos não deveriam ser realizados para proteger a vida das pessoas em meio à crise global de saúde.

“Com as circunstâncias em que estamos, é certamente improvável que as Olimpíadas de Tokyo possam ser realizadas com segurança”, disse a versão em inglês da petição Change.org iniciada na quarta-feira ao meio-dia pelo advogado Kenji Utsunomiya, que concorreu várias vezes ao governo de Tokyo.

“A falta de recursos médicos de que Tokyo e o resto do Japão estão sofrendo, deveria sugerir o quanto os jogos causarão perigo e medo aos profissionais de saúde, cidadãos e participantes”, disse o documento.

De acordo com a Change.org, a petição anti-olímpica conquistou apoio em um ritmo mais rápido do que qualquer outra desde que a versão japonesa da plataforma foi lançada em 2012.

Na quinta-feira, o COI anunciou que fornecerá aos atletas participantes dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos doses gratuitas da vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech.

A expectativa é que as Olimpíadas e Paraolímpicas envolvam cerca de 15 mil atletas, que, em princípio, serão testados para Covid-19 diariamente durante os jogos e deverão seguir um conjunto de regras que visam prevenir a propagação do vírus.

 

Fonte: Kyodo   |    Foto: Reuters/Issei Kato

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top