Notícias

Medicina regenativa

O subcomitê do Ministério da Saúde japonês, aprovou o primeiro programa de pesquisa clínica para tratar pacientes com paralisia usando células iPS. Quando ocorre lesão medular, a comunicação elétrica entre o cérebro e os membros é interompida, causando a paralisia.

A universidade Keio irá liderar as pesquisas clínicas sob os cuidados do doutor Okano, num país onde cerca de 5.000 pessoas ficam paralíticas a cada ano, somando cerca de 100.000 pessoas em todo país. A pesquisa que já vinha sendo realizada em animais, finalmente entra na fase onde se permitirá clinicar humanos.

A previsão dos primeiros atendimentos no tratamento inovador será no outono ou no inverno de 2019. O perfil dos primeiros 4 pacientes já está definido. Serão pessoas com lesão medular, acima dos 18 anos com paraplegia ou tetraplegia. Infelizmente o entrevistado está desqualificado, mas não perde as esperanças.

Fonte: ANN News

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top