Japão

Aumento nas VENDAS com diminuição da Covid-19

À medida que a ameaça do COVID-19 continua a diminuir, as venda de alguns produtos que não venderam bem durante os últimos dois anos de restrições estão começando a aumentar.

A loja de departamento Matsuya, viu as vendas de cosméticos saltarem cerca de 50% em maio em relação ao ano anterior, lideradas pela forte demanda por batons, sombras e outros produtos.

A Sogo & Seibu está desfrutando de fortes vendas de jaquetas e ternos de verão para homens e mulheres, à medida que mais trabalhadores estão retornando ao escritório.

Os fabricantes de cerveja estão aumentando a produção para remessas para restaurantes e bares, esperando que a demanda aumente à medida que as cervejarias nos terraços reabrem em todo o país neste verão.

Em junho, a Sapporo Breweries irá mais que dobrar sua produção em relação ao ano anterior. A produção deve crescer cerca de 80% na Suntory Beer, 70% na Asahi e na Kirin cerca de 50%. A Kirin também aumentará a produção de seu refrigerante Salty Lychee, projetado para evitar a insolação, em cerca de 30%.

Na rede de drogarias Welcia, as vendas de protetores solares aumentaram 56%. Os fortes resultados “refletem um impulso crescente para sair”, informou um funcionário da empresa.

FONTE: YOMIURI SHIMBUN    

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top