Japão

TABELOG é condenada a pagar indenização

O Tribunal Distrital de Tokyo ordenou na quinta-feira (16) que o operador do Tabelog, um popular site de avaliação de restaurantes, pague cerca de ¥38,4 milhões (US$ 286.000) em danos a rede de churrascarias coreana, KollaBo, julgando que seu algoritmo de classificação é injustamente projetado para redes de lojas.

O tribunal descobriu que o site Kakaku.com violou a lei antimonopólio, dizendo que seu algoritmo, que baixou uniformemente as pontuações de redes de restaurantes, é considerado um “abuso de posição dominante de barganha”.

A decisão veio quando vários restaurantes expressaram preocupação com métodos de classificação em um dos sites de avaliação de restaurantes mais influentes do país.

Em um comunicado colocado em seu site, o Kakaku.com disse que apelou da decisão por ser “injusta”.

O Tabelog é muito utilizado no Japão quando as pessoas procuram um lugar para comer, com suas pontuações calculadas com base nas avaliações dos visitantes dos estabelecimentos, muitas vezes influenciando diretamente no número de clientes.

O serviço online, inaugurado em 2005, conta com mais de 820.000 restaurantes e bares, segundo a operadora.

Fonte: Kyodo     |     Foto: Kyodo

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top