Japão

Sistema previdenciário: residentes estrangeiros sustentam pensões no Japão

9/07/2024

Uma avaliação fiscal recente destacou que a sustentabilidade do sistema previdenciário japonês depende da quantidade de residentes estrangeiros no país. Em 2023, o Japão registrou 3,41 milhões de estrangeiros, 330 mil a mais que no ano anterior. Esses residentes são essenciais para suprir a escassez de mão de obra e contribuir para o sistema de pensões.

Residentes permanentes formam o maior grupo, seguidos pelos estagiários técnicos. Projeções indicam um aumento anual de 164 mil estrangeiros até 2040, mantendo a taxa de substituição de renda em 50,4% até 2057. No entanto, cenários variam e a sustentabilidade do sistema pode ser afetada.

Para garantir um fluxo contínuo de estrangeiros, o Japão precisa facilitar a permanência de longo prazo e fortalecer o processo de inscrição no sistema de pensões públicas.

Fonte: Mainichi
To Top