Japão

Lei de DOENÇAS INFECCIOSAS

O primeiro-ministro, Fumio Kishida, sugeriu no domingo (9) que o governo não apresentará um projeto de revisão da lei de doenças infecciosas para permitir medidas mais fortes contra o coronavírus durante a próxima sessão ordinária do parlamento.

“Vamos resolver os desafios de médio e longo prazo até junho”, disse Kishida, em um programa da Fuji Television Network Inc.

A revisão da lei visa possibilitar medidas mais poderosas para proteger trabalhadores médicos e leitos hospitalares para pacientes com COVID-19.

Sobre a preocupação de que a disseminação da variante Omicron do coronavírus possa reduzir a disponibilidade de leitos hospitalares, o primeiro-ministo disse que o governo se concentrará por enquanto em garantir que os leitos atualmente disponíveis sejam colocados em uso.

Além disso, o governo conduzirá revisões conforme necessário sobre as funções de controle para lidar com uma crise de doenças infecciosas e sua colaboração com os governos locais.

Fonte: Jiji     /     Foto: Kyodo

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top