Japão

Kishida deve buscar CRESCIMENTO ECONÔMICO

O primeiro-ministro Fumio Kishida disse nesta segunda-feira (11) que buscará alcançar o crescimento econômico no Japão antes de redistribuir os ganhos durante o debate dos legisladores da oposição sobre o discurso político na semana passada, antes da eleição para a Câmara dos Representantes.

Kishida ressaltou que não buscará imediatamente aumentar a alíquota do imposto sobre ganhos de capital ou outros ativos financeiros. Ele havia dito anteriormente que mudar o imposto seria uma opção, levando a fortes quedas nas ações de Tokyo na semana passada.

“A menos que haja crescimento, não há nada para distribuir. É importante buscar o crescimento primeiro e farei o possível para realizá-lo”, disse Kishida em resposta a perguntas de Yukio Edano, chefe do principal partido de oposição, o Partido Democrático Constitucional do Japão , na Câmara Baixa.

Kishida prometeu em seu discurso político na sexta-feira realizar um ciclo virtuoso de crescimento econômico e redistribuição de seu sucesso.

O aumento previsto do imposto sobre ganhos de capital e dividendos é um dos principais pilares da política de Kishida para redistribuir os ganhos e lidar com as disparidades de renda.

Mas ele atenuou seus comentários sobre o assunto depois que sua posição aparentemente feriu o sentimento dos investidores.

Isso forçou Kishida a deixar claro em um programa de televisão no domingo que ele não está considerando mudar o imposto por enquanto, e que há um mal-entendido generalizado sobre isso.

Fonte: Kyodo     /     Foto: Kyodo

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top