Medicina

JAPÃO: Sem Emergência

Apesar do número de infectados em todo Japão estar aumentando, o primeiro-ministro Shinzo Abe anunciou à imprensa que não irá declarar o “estado de emergência”, por enquanto.
Em compensação, pretende fortalecer a realização de testes em hospitais e instalação para idosos.
Uma reunião foi realizada com os ministros e discutiram sobre o aumento do número de infectados em Tóquio, que ultrapassou 200 pessoas por 4 dias seguidos e Osaka, que totalizou 149 infectados.
Após a reunião, Abe recebeu a imprensa e declarou: “O número de infectados está aumentando e estamos estamos tensos, mas os especialistas afirmaram que a situação atual é diferente da fase anterior e por isso, achamos que não está na hora de declarar o estado de emergência”.
E acrescentou que Japão tem capacidade para realizar mais testes e irá trabalhar em parceria com as províncias para detectar os infectados rapidamente e oferecer tratamento médico necessário. Essa é a melhor forma de prevenção do agravamento dos casos.
O primeiro-ministro finaliza, fazendo um apelo: “Gostaria de pedir à população japonesa que evite aglomeração e locais fechados neste feriado prolongado. E fiquem atentos às formas de prevenção”.
Fonte: NHK News

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top