Japão

Impediram FRAUDE em Ibaraki

Duas funcionários de uma loja de conveniência da cidade de Ryugasaki, província de Ibaraki, que impediram casos de fraude telefônica em apenas 10 dias, receberam cartas de agradecimento da delegacia local.

Michiko Yanagita, (49), e Ami Nakamura, (36), trabalham na filial Ryugasaki Kitakata da Ministop no distrito de Kitakatamachi e no dia 4 de janeiro, suspeitaram quando um homem de 60 anos entrou e estava prestes a fazer compras com ¥300.000 em dinheiro eletrônico. Elas perguntaram a ele o motivo e, posteriormente, relataram o caso à Delegacia de Polícia de Ryugasaki.

Nove dias depois, em 13 de janeiro, Nakamura fez outra denúncia de fraude à polícia depois de falar com um homem de 70 anos que veio à loja de uma maneira que parecia estranha.

Investigações da polícia descobriram que ligações falsas haviam instruído os dois homens a irem à loja, mas as balconistas impediram a conclusão da fraude.

“Eu fiz uma coisa comum”, disse Yanagita. A colega, Nakamura, que também impediu um homem de 60 anos de ser vítima de fraude em abril de 2021, disse: “Estou feliz por ter impedido que eles perdessem dinheiro”.

 

Fonte: Mainichi/Shigemi Niwaki     |     Fotos: Mainichi/Shigemi Niwaki 

 

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top