Japão

Educação sexual nas escolas japonesas

Um grupo de legisladores propôs ao Ministério da Educação nesta segunda-feira (24), que a “educação abrangente em sexualidade”, ou os padrões internacionais para currículos de educação sexual, seja promovida nas escolas japonesas.

Seis membros do Partido Democrático Constitucional do Japão (CDP) apresentaram a proposta ao Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia. 

Na educação sexual abrangente baseada em direitos humanos, os alunos aprendem não apenas sobre a anatomia humana e o sistema de reprodução, mas também sobre relacionamentos, diversidade sexual e igualdade de gênero de maneira ampla e sistemática.

Em setembro, o Comitê das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência recomendou que o Japão promovesse uma educação sexual abrangente com base na Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Fonte: Mainichi     /     Foto: Mainichi/Ai Kunimoto

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top