Japão

Crise financeira atinge as famílias

A Sumitomo Life Insurance Co. conduziu uma pesquisa online entre 5 e 7 de outubro e obteve respostas de 5.005 pessoas em todo o Japão com idades entre 20 e 60 anos.

Sobre o aumento dos preços das commodities, 87,6% dos entrevistados afirmaram ter “impacto” ou “pouco impacto” nas finanças familiares. “Despesas com alimentação” foi apontada por 58,6% dos entrevistados como a área mais afetada, seguida de “contas de luz” (25,9%) e “gasolina” (8,1%). Dos entrevistados, 88% disseram que seus custos de vida aumentaram, mostrando que o aumento dos preços está pesando muito nos orçamentos domésticos.

A pesquisa também revelou um aumento drástico de pessoas que tendem a economizar, com 79,2% respondendo que estavam cortando despesas para sobreviver.

As principais áreas onde as pessoas gastaram menos foram “alimentação”, escolhida por 42,6%, seguida de “viagens e lazer” com 36,3%. 

As crianças também foram muito afetadas, com 16% das famílias com crianças tendo aulas depois da escola dizendo que as retiraram para economizar dinheiro. 

Fonte: Mainichi

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top