Internacional

CORONAVÍRUS: Tratamentos

CHINA DIVULGA TRATAMENTOS DO NOVO CORONAVÍRUS QUE DERAM CERTO
A Comissão de Saúde da China divulgou em uma coletiva de imprensa que estão testando novos tratamentos para curar os pacientes infectados com o novo coronavírus.
Medicamentos já existentes contra a malária foram oferecidos a pacientes infectados e os resultados foram notáveis.
O tratamento foi realizado em mais de 100 pacientes infectados e a melhora dos sintomas foi visível. Não houve nenhum caso de complicação após o uso do remédio.
Foi relatado que um dos pacientes infectados de 54 anos fez esse tratamento durante uma semana e o resultado do teste do novo coronavírus foi negativo.
Por esse motivo, a Comissão de Saúde da China anunciou que o efeito do tratamento é claro e pretende expandir o remédio nas instituições médicas de todo país.
Outro tratamento que está sendo aplicado e obteve bons resultados, é a infusão de plasma sanguíneo de pessoas que se recuperaram do coronavírus para tratar aqueles que ainda lutam contra a infecção.
O plasma de ex-pacientes que foram infectados pelo coronavírus contém anticorpos que podem reduzir a carga viral em pacientes graves.


O método é apontado como uma solução enquanto os laboratórios farmacêuticos ainda estão em busca de desenvolverem um tratamento e uma vacina contra o vírus.
O tratamento com plasma foi realizado em 11 pacientes em estado grave e um deles, se recuperou completamente e já recebeu alta.
O restante do grupo apresentou melhora nos sintomas.
A China está pedindo que os ex-pacientes curados façam doação de sangue para que possam coletar o plasma e utilizar no tratamento dos infectados.
Outros tipos de tratamentos estão sendo testados como o remédio para AIDS e ebola.
O tratamento precoce evita a evolução do vírus, por isso mesmo que os sintomas sejam leves é importante procurar uma instituição médica.
Fonte: NHK News

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top