Japão

AUMENTO nos preços dos alimentos

Mais de 10.000 itens alimentícios no Japão sofrerão aumentos de preços médios de 13% este ano, como resultado do aumento dos custos de materiais e da rápida desvalorização do iene, mostrou uma pesquisa de uma empresa  de crédito nesta quarta-feira (1º).

A pesquisa da Teikoku Databank, descobriu que 105 grandes fabricantes de alimentos aumentaram os preços de 6.285 produtos até junho, com aumentos de preços planejados para 4.504 produtos adicionais a partir de julho.

Um número crescente de empresas japonesas está vendendo produtos a preços mais altos, pois a pandemia de coronavírus e a invasão da Ucrânia pela Rússia fizeram com que o custo do trigo a petróleo aumentasse.

De acordo com a pesquisa, bebidas alcoólicas e outras bebidas terão os maiores aumentos de preços em uma média de 15% devido ao aumento dos custos do trigo e das embalagens de garrafas plásticas.

Os preços dos alimentos processados aumentarão em média 14 %, enquanto os doces aumentarão em média 12%. Os temperos 11% e o pão 9%, mostrou a pesquisa .

FONTE: KYODO      /     FOTO: MAINICHI

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top