Japão

Aumento na ocupação de LEITOS HOSPITALARES

As taxas de ocupação de leitos hospitalares para novos pacientes com coronavírus estão aumentando acentuadamente em muitas partes do Japão em meio à rápida disseminação da subvariante da Omicron BA.5.

Os leitos ocupados já atingiram mais de 50% em 20 das 47 prefeituras do país, com quatro prefeituras tendo suas taxas maiores que 70%. Especialistas estão expressando a preocupação com as tensões nos sistemas de assistência médica, e espera-se que o governo japonês enfrente decisões difíceis sobre como lidar com a situação, embora atualmente seja cauteloso ao impor restrições.

A prefeitura de Okinawa, mais ao sul do Japão, teve a maior taxa de ocupação de leitos hospitalares COVID-19 com 88%, seguida de Kanagawa com 74%, Shizuoka com 74%, e Wakayama com 70%.

Na sexta-feira (29) as novas infecções por COVID-19 confirmadas em todo o país foram de 221.442 casos.

Fonte/Foto: Kyodo   

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top