Japão

ASIA: Cidades costeiras afundando

Grandes cidades costeiras no sul e sudeste da Ásia estão afundando mais rápido do que em outras partes do mundo, deixando dezenas de milhões de pessoas mais vulneráveis ​​ao aumento do nível do mar, diz um novo estudo.

A rápida urbanização fez com que essas cidades se valessem fortemente de águas subterrâneas para atender as populações crescentes, de acordo com uma pesquisa da Universidade Tecnológica de Nanyang (NTU) de Cingapura, publicada na revista Nature Sustainability na semana passada.

O centro urbano mais populoso do Vietnã e principal centro de negócios, a cidade de Ho Chi Minh, estava afundando em média 16,2 milímetros por ano, superando a pesquisa de dados de satélite de 48 grandes cidades costeiras do mundo.

“Muitas dessas cidades costeiras em rápido declínio são megacidades em rápida expansão, onde… as altas demandas de extração de águas subterrâneas e carregamento de estruturas de construção densamente construídas contribuem para o afundamento da terra local”, diz o estudo.

Mais de um bilhão de pessoas viverão em cidades costeiras sob risco de elevação do nível do mar até 2050, de acordo com o Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

O IPCC diz que o nível global do mar pode subir até 60 centímetros até o final do século, mesmo que as emissões de gases de efeito estufa sejam drasticamente reduzidas.

FONTE: JAPAN TODAY     /     FOTO: AFP

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top