Japão

Ambulâncias com dificuldades para encontrar hospitais

As autoridades de emergência do Japão dizem que o número semanal de casos em que as equipes de ambulância lutavam para encontrar hospitais para receber pacientes, atingiu um recorde pela quarta semana consecutiva.

A Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres registra o número do que chama de “casos de transporte difícil” da sede de emergência no país todas as semanas. As equipes de emergência precisam perguntar a quatro ou mais hospitais antes que um paciente possa ser transportado.

Funcionários da agência disseram que houve 8.161 casos desse tipo na semana até 15 de janeiro, 603 a mais do que o recorde anterior estabelecido uma semana antes.

Ambulâncias que saíram para levar pacientes suspeitos de COVID-19 representaram 2.340 casos, ou quase 30% dos transportados.

As autoridades disseram que o número de “casos de transporte difícil” continua alto e que estão monitorando de perto a situação.

O sistema médico do Japão enfrenta um dos piores momentos da pandemia de três anos, agora em sua oitava onda no país. 

No início deste mês, o Japão quebrou recordes diários de mortes por coronavírus várias vezes em todo o país.

 

Fonte/Foto: NHK

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top