Japão

AICHI: Presa por misturar fezes na merenda escolar

Uma funcionária de 20 anos de uma escola pública em Okazaki, província de Aichi, foi acusada no dia 13 de junho de misturar fezes humanas no almoço. 

O incidente ocorreu no dia 8 de outubro de 2021, quando o diretor da escola comeu com antecedência a mistura da refeição do dia na sala dos professores e notou que tinha um forte odor e uma descoloração peculiar. Ele imediatamente cancelou a refeição para todos e submeteu a comida ao centro de saúde pública para exame.

Os resultados confirmaram a presença da bactéria E.coli e embora o okazu tenha sido feito em uma instalação central separada, nenhuma outra escola tinha qualquer vestígio de matéria fecal na comida.

Graças aos sentidos aguçados e ação rápida do diretor, nenhum de seus alunos ou funcionários foi exposto aos alimentos contaminados e não sofreu nenhuma doença como resultado.

Uma investigação posterior levou a ex-funcionária que embora não esteja claro qual foi o motivo, ou como ela conseguiu misturar as fezes na comida.

Ela é acusada de obstrução fraudulenta de negócios e está negando a acusação.

No Japão existe o costume de um diretor ou vice-diretor almoçar cerca de 30 minutos antes de todos os outros. Embora às vezes seja chamado de dokumi ou “provador de comida” no sentido de alguém verificar se há veneno. É mais provável que seja apenas para verificar se a qualidade e o sabor da comida estão à altura, ou apenas como uma formalidade.

 

Fonte: The Sankei News     |     Foto: Kyodo

Japão Aqui e o brasileiro cada vez mais “japonês”. De refugiado econômico a imigrante nipo-brasileiro, fizemos o caminho inverso dos japoneses que atravessaram oceanos após a segunda guerra mundial.

Em 2007 após atingir a marca de 316.000 brasileiros oficialmente residentes no Japão o “Lehman shock” em 2008, esvaziou nossa comunidade em cerca de 140.000 pessoas, nos anos que se seguiram. Hoje em 2019, voltamos a crescer atingindo a marca de 193.798 brasileiros residentes (junho-2018 / Ministry of Internal Affairs and Communications).

Japão Aqui tem bloggers e tradutores com a missão de facilitar o entendimento das notícias japonesas.

Copyright © 2020 MCOM K.K.

To Top